Acesso à informação
Hoje, Segunda-Feira, 10/08/2020 - 20:24h   
Página Principal   Acesso a Suframa   Acesso a Modelo ZFM   Acesso a Serviços   Acesso a Notícias
» SUFRAMA - Notícias

 


25/05/2014

Coreanos demonstram interesse em componentes e Polo Naval

Enock Nascimento


A possibilidade da instalação de fábricas sul-coreanas no segmento de componentes do Polo Industrial de Manaus (PIM) e do Polo Industrial Naval do Amazonas foi um dos principais temas abordados, nesta quinta-feira (22), durante visita do embaixador da Coreia do Sul, Bon-Woo Koo, à sede da SUFRAMA. O embaixador esteve em Manaus acompanhado de um grupo de empresários e investidores do país asiático.

 

 

A comitiva sul-coreana foi recebida pelo superintendente em exercício, Adilson Vieira, pelo coordenador-geral de Acompanhamento de Projetos Industriais, José Jorge Júnior, coordenador-geral de Promoção Comercial, Jorge Luiz Vasques e o assessor especial, Oldemar Ianck.

 

 

Após palestra sobre o funcionamento detalhado da Zona Franca de Manaus (ZFM), a reunião se concentrou na potencialidade da expansão de investimentos sul-coreanos na região e questionamentos sobre as vantagens comparativas do modelo em relação aos entraves logísticos. “Uma prova de que continua vantajoso investir no PIM é que no ano passado as quase 600 empresas faturaram juntas mais de R$ 83 bilhões. Além desse montante expressivo, o modelo garante uma segurança jurídica do retorno do investimento, já que ele está previsto na Constituição e, ainda, há todo um esforço do governo federal para a prorrogação dos incentivos até 2073”, disse Jorge Júnior, ressaltando projetos em logística que devem, via Equador e Peru, encurtar a distância para o oceano Pacífico e, com isso, criar uma alternativa mais rápida para atingir o mercado asiático.

 

 

Adilson Vieira ressaltou que uma vantagem da localização de Manaus é a proximidade com os países da Bacia Amazônica, cujo mercado consumidor potencial é de mais de 100 milhões de pessoas. “Empresas estão se instalando aqui de olho nesse mercado promissor”, frisou.

 

 

Potencialidades
Os coreanos demonstraram particular interesse quando souberam que não há no Brasil fábrica que produz placas sem circuito impresso (placas nuas), uma das especialidades da indústria coreana. O coordenador-geral de Acompanhamento de Projetos Industriais explicou que essas placas - que podem ser usadas na fabricação de vários produtos eletrônicos como TV, tablet, celulares e ainda em motores e compressores dos condicionadores de ar - são atualmente todas importadas, e que há uma grande demanda delas. “Para se ter uma ideia do potencial desse mercado, nós deveremos a produzir este ano 4 milhões de aparelhos celulares e 4,5 milhões de condicionadores de ar tipo split e em cada unidade é necessária uma placa desse tipo”, detalhou Jorge Júnior.

 

 

A potencialidade do Polo Naval do Amazonas também chamou a atenção dos coreanos. Vantagens como a profundidade dos nossos rios, a tradição da mão de obra, localização estratégica, adicionado com as mesmas vantagens dos incentivos fiscais aqui concedidos foram ressaltados pelo superintendente. “Além das possibilidades da fabricação de barcos, lanchas, navios e iates, o Polo Naval pode resolver ainda o problema de reparo das embarcações. Hoje, quando um petroleiro precisa de reparo, é levado para Hong Konk”, salientou Vieira.

 

 

Ao final do encontro, o embaixador ressaltou que, em conversas com representantes de empresas sul-coreanas como a LG e Samsung, eles se mostraram bastante satisfeitos com o investimento em Manaus. “Sei que a ZFM causa muita inveja e ciúmes em outros Estados. Isso só significa uma coisa: é um modelo de sucesso”, observou.

 

 

Além do diplomata, estiveram na presentes na reunião na SUFRAMA a embaixatriz Young-Ock Lim; o presidente da Hyosung, Hyun Mon Dong; o advogado da Demarest, Min Gon Kim; o presidente da OE Solution, Dong-Hyun Lee; o diretor da Samsung, Choong Ki Jung; o diretor da Standard Chartered, Gun Chul Park; o gerente da Mirae Asset, Young Sok Kim; o diretor-presidente da KOTRA, Jaewon Lyu; e o gerente da KOTRA, Jae Hoon Choi.

 




Veja todas as notícias


CGCOM
cgcom@suframa.gov.br
92 3321-7038
92 3321-7006
92 3321-7042
92 3321-7006
92 3321-7243

Imagem Aérea da Sede da Suframa
Av. Ministro Mário Andreazza, 1.424 - Distrito Industrial
CEP. 69075-830 - Manaus - Amazonas
TEL: 55 92 3321-7000
ANEXO I (92) 3321-7000
Copyright © 1996-2014