Acesso à informação
Hoje, Quarta-Feira, 26/04/2017 - 07:48h   
Página Principal   Acesso a Suframa   Acesso a Modelo ZFM   Acesso a Serviços   Acesso a Notícias
» SUFRAMA - Notícias

 


11/01/2016

PIM fatura R$ 72 bilhões até novembro de 2015

Enock Nascimento


O Polo Industrial de Manaus (PIM) registrou o faturamento acumulado de R$ 72,7 bilhões, entre janeiro e novembro de 2015. O valor é 9,65% inferior ao obtido no mesmo período de 2014 (R$ 80,5 bilhões). Em dólar, os US$ 22.3 bilhões alcançados até o penúltimo mês do ano passado, contrastados com o volume acumulado no mesmo intervalo de 2014 (US$ 34.5 bilhões), significam uma queda de 35,32%.  Entretanto, ocorreu uma valorização de 48,19% da moeda americana ante o real, na comparação de novembro do ano passado (R$ 3,77) com o mesmo mês de 2014 (R$ 2,54).

As exportações do PIM totalizaram R$ 1,92 bilhão entre janeiro e novembro de 2015, o que representa aumento de 23,13% na comparação com o mesmo período de 2014.

Ainda de acordo com os dados remetidos à SUFRAMA pelas empresas do parque fabril de Manaus, o mês de novembro registrou a ocupação de 92.681 postos de trabalho, entre mão de obra efetiva, temporária e terceirizada. A média mensal de 2015, até novembro, ficou estabelecida em 106.086 empregos.

Ações

A superintendente Rebecca Garcia avalia que os resultados dos indicadores de desempenho do PIM evidenciam a dependência das vendas internas por parte do parque fabril local. “Isso decorre pelo fato de que o PIM nasceu para abastecer o mercado interno brasileiro, então se o padrão das famílias brasileiras cai, automaticamente, a indústria do PIM cai mais ou menos na mesma proporção”.

A superintendente destaca que medidas já estão sendo adotadas para ampliar mercados para os produtos fabricados no Polo. “Uma delas é a instituição do Grupo Técnico Permanente, pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, para o incremento da competitividade da Zona Franca de Manaus como plataforma de exportação (GT-ZFM)”, cita Rebecca. 

Segmentos

Com R$ 21,7 bilhões (US$ 6,6 bilhões), o segmento Eletroeletrônico continua sendo o maior responsável pelo resultado global do PIM, respondendo por 29,90% do total. Em seguida estão os segmentos de Duas Rodas, com 16,89% de participação, e o de Bens de Informática, com 15,79%.

Setores que apresentaram crescimento, em real, na comparação entre janeiro e novembro de 2015 com o mesmo intervalo de 2014 foram: Naval (63,58%); Relojoeiro (2,87%); Químico (4,97%); Vestuários e Calçados (16,05%); Têxtil (12,47%); Beneficiamento de Borracha (26,78%); Ótico (11,44%); Brinquedos (8,35%); Madeireiro (9,64%); e Produtos Alimentícios (2,93%), entre outros.

Produtos


Entre os produtos que apresentaram incremento relevante de produção até o penúltimo mês de 2015 em relação ao mesmo período de 2014 estão: aparelho portátil de gravação de áudio – tipo mp3, mp4 – (120,04%); aparelhos reprodutores de DVD – inclusive blu-ray (24,84%); condicionador de ar do tipo janela (18,65%); e home theater (17,36%).




Veja todas as notícias


CGCOM
cgcom@suframa.gov.br
92 3321-7038
92 3321-7006
92 3321-7042
92 3321-7006
92 3321-7243

Imagem Aérea da Sede da Suframa
Av. Ministro Mário Andreazza, 1.424 - Distrito Industrial
CEP. 69075-830 - Manaus - Amazonas
TEL: 55 92 3321-7000
ANEXO I (92) 3321-7000
Copyright © 1996-2014